Sistema Emas é concluído em Congonhas

Trabalho finalizado na segunda cabeceira da pista torna o aeroporto da capital paulista o primeiro do país e único da América Latina com a tecnologia

Aeroporto de Congonhas
Aeroporto de Congonhas, em São Paulo (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)

O Governo Federal concluiu a segunda etapa das obras de modernização da infraestrutura da pista do Aeroporto de Congonhas (SP). Nesta sexta-feira (1), será realizado uma cerimônia para marcar a conclusão das obras e implantação do sistema EMAS (Engineered Material Arresting System), na cabeceira 35L da pista principal do aeroporto.

A primeira etapa de instalação do sistema Emas em Congonhas teve início em maio de 2021 e foi concluída em março deste ano, com dois meses de antecedência. Em maio, dentro do prazo previsto em contrato, foi concluída a segunda cabeceira.

O sistema já pode ser usado em caso de emergência e consiste em novas áreas de escape com blocos de concreto que se deformam quando uma aeronave ultrapassa o limite final da pista, aumentando a segurança para pousos e decolagens no local.

Participam da cerimônia em Congonhas o ministro da Infraestrutura, Marcelo Sampaio; o presidente da Infraero, Brigadeiro Paes de Barros; o secretário Nacional de Aviação Civil, Ronei Glanzmann; entre outras autoridades.


Leia também: Iata pede apoio para garantir a implementação segura do 5G

Deixe uma resposta