MSC Cruzeiros abre vendas à inauguração do MSC Euribia pela Europa

A MSC Cruzeiros iniciou as vendas de passagens para itinerários do mais novo MSC Euribia, que lançará em junho de 2023 no Norte da Europa

MSC Cruzeiros
MSC Euribia. (Foto - Divulgação/MSC Cruzeiros)

A MSC Cruzeiros deu início às vendas de itinerários no MSC Euribia, o navio mais avançado em termos ambientais de sua frota, movido a GNL, que está atualmente em construção no estaleiro Chantiers de l’Atlantique (França) com previsão de entrega para o início de junho de 2023.

O navio passará sua temporada inaugural no Norte da Europa, partindo do porto alemão de Kiel, oferecendo um itinerário de 7 noites para os fiordes noruegueses, com escalas em Copenhague, na Dinamarca; além de Hellesylt, Geirangerfjord – Fiorde de Geiranger; Alesund e Flaam, na Noruega.

Ele contará com um MSC Yacht Club aprimorado, a experiência digital “MSC for Me”, um teatro com 945 assentos, áreas de recreação infantil Lego, cinco piscinas e um parque aquático e os espaços MSC Aurea Spa e MSC Gym.

Investindo no futuro sustentável

Movido a GNL, o MSC Euribia reduzirá suas emissões de CO² em até 25%, até que o bio-GNL de emissão zero ou hidrogênio verde estejam disponíveis no mercado em grandes escalas. Três novos cruzeiros movidos a GNL devem ser introduzidos, representando um investimento de 3 bilhões de euros.

A MSC Cruzeiros está envolvida em vários projetos para desenvolver e viabilizar tais tecnologias, incluindo um projeto do uso de combustível de hidrogênio em cruzeiros, em parceria com o Fincantieri e a SNAM, bem como um projeto piloto para o desenvolvimento de tecnologia de célula de combustível de óxido sólido para navios de cruzeiro com Chantiers de l’Atlantique e Bloom Energy.

MSC Euribia utilizará um sistema avançado de tratamento de águas residuais, bem como um sistema de gerenciamento de ruído subaquático irradiado para minimizar os efeitos das vibrações na vida marinha, além da redução do consumo energético e a otimização do motor.

Carcaça customizada

Além disso, a embarcação se diferenciará dos navios irmãos da classe Meraviglia-Plus graças a seu casco com arte customizada exclusivamente em um concurso da Talent House, do vencedor alemão Alex Flaemig. Os cinco finalistas do Reino Unido, Rússia, Japão, Canadá e Itália terão seus designs exibidos a bordo do navio em uma nova galeria.

O artista vencedor, Alex Flaemig, comentou: “Para tornar as pessoas ainda mais conscientes da singularidade do mundo subaquático, coloquei graficamente uma pequena parte desse ecossistema no casco do MSC Euribia. […] Um mar intacto também é a base para um ecossistema saudável em terra. Quero enfatizar isso com a representação de pássaros, insetos e folhas e, por último, o globo”, explica.

  • MSC Euribia
  • MSC Euribia

Deixe uma resposta