Pernambuco terá novo voo regional

Azul irá operar conexão direta ligando o Agreste Meridional e a capital pernambucana

Palácio - Azul (2)
Foto: Chico de Andrade

Na última segunda-feira (27), o Governo de Pernambuco anunciou o início da operação de voos comerciais pela Azul no Aeroporto de Garanhuns, no Agreste Meridional. Foram investidos cerca de R$ 4,7 milhões, sendo R$ 4 milhões em serviços de restauração e pintura horizontal do sistema de pistas de pouso e decolagem e R$ 750 mil na reforma do terminal de passageiros. As vendas das passagens diretas do Recife para o município já foram liberadas e o início dos voos está marcado para 20 de julho.

“O início dos voos comerciais vai reforçar a economia e o turismo em Garanhuns e cidades vizinhas, além de gerar mais emprego e renda para a população”, afirmou o governador Paulo Câmara, listando ainda o benefício da redução do tempo de viagem e a conexão de Garanhuns com o restante do Brasil e com outros países.

A secretária de Turismo e Lazer de Pernambuco, Milu Megale, enfatizou que o início da aviação regional em Garanhuns irá trazer desenvolvimento econômico, social e turístico. “O aeródromo tem capacidade técnica para atendimento aos critérios dos órgãos reguladores e das companhias aéreas. A ligação aérea será fundamental para a ampliação da malha e aviação regional, ligando ao Hub da Azul no Aeroporto do Recife, contribuindo para o escoamento da produção, a geração de negócios e o crescimento do turismo para toda a região.”

As conexões serão realizadas com aviões Cessna Grand Caravan, o mesmo tipo de aeronave realiza, desde 2020, a ligação entre o Recife e as cidades de Caruaru e Serra Talhada, com capacidade para nove passageiros. “Serão oferecidas três frequências semanais de embarques e desembarques e, a partir de outubro, esse voo se tornará diário. A parceria entre Pernambuco e a Azul nunca esteve tão forte, e continuará gerando frutos para todo o Nordeste”, comemorou o gerente de Relações Institucionais da companhia, César Grandolfo, reforçando que o Aeroporto de Araripina será o próximo a receber as operações regulares, com previsão de início para setembro.

No Aeroporto de Araripina está sendo finalizada a construção do muro de segurança operacional e patrimonial, orçado em R$ 1,7 milhão, além da instalação do terminal de passageiros em uma estrutura de containers, no valor de R$ 685 mil. Em outubro de 2021 foi finalizada a primeira etapa das obras de requalificação do terminal, com serviços de restauração do pavimento e sinalização horizontal da área de movimento das aeronaves (pista de pouso e decolagem, taxiagem e pátio), com o aporte de aproximadamente R$ 3,5 milhões.

A aviação regional nos aeroportos Oscar Laranjeiras, em Caruaru, e Santa Magalhães, em Serra Talhada, vai completar dois anos em novembro. A demanda de voos saindo e chegando às duas cidades representou 12.939 passageiros transportados entre novembro de 2020 e maio deste ano. Na Capital do Agreste, 5.634 pessoas utilizaram a malha aérea nesse período. Já na cidade sertaneja, o modal foi escolhido por 7.305 passageiros.


Leia também: Azul lança voo inédito conectando a Rota das Emoções

Deixe uma resposta