Royal Caribbean fortalece laço com a R11 para “redescobrir” o mercado

O otimismo da R11 com as vendas da Royal Caribbean é corroborado pelas vendas em alta no mês de abril, que superou 2019 em determinadas semanas

Ricardo Amacaral (R11 Travel) e Bert Hernandez (Royal Caribbean)
Ricardo Amacaral (R11 Travel) e Bert Hernandez (Royal Caribbean)

A Royal Caribbean está redescobrindo o mercado brasileiro. Reforçando a parceria de longa data com a R11 Travel, durante evento nesta quarta-feira (22), a armadora mostrou otimismo com as vendas para 2022, ano que ainda busca reiterar o retorno das navegações da sua frota de 26 navios.

O otimismo da R11 com as vendas da Royal Caribbean é corroborado pelas vendas em alta. Em algumas semanas de abril, as vendas de cruzeiros para todos os produtos da marca igualaram ou, até mesmo, superaram os índices do mesmo período de 2019.

O indicativo da alta dos cruzeiros para este e o próximo ano é clara e a representação da Royal no Brasil está mais do que equipada para os diferentes públicos. Contando em seu portfólio com marcas como Silversea e Azamara, Ricardo Amaral, CEO da R11 Travel, crê que a oferta atende todos os públicos de cruzeiristas, desde os recorrentes aos iniciantes.

“O brasileiro não deixou de viajar apesar dos desafios da covid-19 e temos um portfólio com as demais marcas da Royal, atendendo a diversos perfis. Sendo assim, a demanda já está próxima de se equiparar com o pré-pandemia”, afirmou o executivo, salientando que o grande desafio é o mesmo para muitos players: a falta de oferta aérea e a flutuação cambial.

Bert Hernandez (Royal Caribbean)

Bert Hernandez, vice-presidente sênior de Vendas da Royal Caribbean

“Estamos em vias de redescobrir o mercado brasileiro, assim como outros mercados, ainda mais durante um ano de transição que estamos vivendo, buscando retomar os índices de 2019 a partir de 2023”, salientou Bert Hernandez, vice-presidente sênior de Vendas da Royal Caribbean.

Amaral foi além e perfilou os tipos de viajantes que já voltaram a consumir os produtos de cruzeiros e quem ainda deve aguardar até o próximo ano para voltar a navegar.

“Temos três perfis de viajantes: o cruzeirista frequente, o recorrente de marca e quem viaja pela primeira vez. Os dois primeiros já retornaram e, agora, buscando experiências, os iniciantes devem retomar em 2023”, concluiu o executivo.

Celebrando a parceria e o retorno da 26ª embarcação da Royal Caribbean aos mares, a R11 promoveu o Perfect Day, evento que reuniu cerca de 150 participantes, entre agentes, operadores e clientes, na Casa Noma, em São Paulo.


Leia também: R11 Travel reforça equipe com nova diretora de Vendas e Marketing

Deixe uma resposta