Aeroporto do Recife vai operar 11% mais voos neste mês

Serão mais de 6,5 mil voos, entre pousos e decolagens, ligando a capital pernambucana diretamente a 39 destinos

Aeroporto - Sec de Turismo - 2022 (4) - Chico de Andrade
Foto: Chico de Andrade

Pernambuco continua a acumular excelentes resultados no setor da aviação nesta retomada do turismo, reiterando, mês a mês, a força do Estado na cadeia turística nacional. Para este mês de julho, espera-se que o Aeroporto Internacional do Recife – Gilberto Freyre receba 11% a mais de voos que no mês de junho. Levantamento da Unidade de Pesquisa da Empetur, feito a partir de dados da Anac, aponta que, entre pousos e decolagens, serão 6.553 voos.

Em comparação com o mesmo período em 2019, antes da pandemia da Covid-19, há recuperação de 100% da malha aérea. Já em relação a julho de 2021, o crescimento é de 8%.

Quando analisada a relação da média diária do Recife com a de outras capitais do Nordeste, o terminal segue apresentando bons números: são 211 voos diários em média, enquanto Salvador opera 147 voos; Fortaleza, 115, e Maceió, 53.

O Aeroporto do Recife, para este mês de julho, conta com a liberação da Anac para operar 39 destinos, sendo 38 nacionais e um internacional. Os voos diretos são para as cidades de Aracaju (SE), Aracati (CE), Belém (PA), Brasília (DF), Campina Grande (PB), Caruaru (PE), Confins (BH), Cuiabá (MT), Fernando de Noronha (PE), Fortaleza (CE), Garanhuns (PE), Goiânia (GO), João Pessoa (PB), Juazeiro do Norte (CE), Macapá (AP), Maceió (AL), Manaus (AM), Mossoró (RN), Natal (RN), Palmas (TO), Patos (PB), Petrolina (PE), Porto Alegre (RS), Porto Seguro (BA), Porto Velho (RO), Rio de Janeiro (Galeão e Santos Dumont), Salvador (BA), São Luís (MA), São Paulo (Campinas, Congonhas, Guarulhos, Ribeirão Preto e São José do Rio Preto), Serra Talhada (PE), Teresina (PI), Vitória (ES) e Uberlândia (MG). E a conexão internacional com Lisboa (Portugal).

Outros aeroportos pernambucanos se destacam

O mês de julho será marcado pelo início das operações em mais um aeródromo no Estado, o de Garanhuns.  O equipamento, operado pelo Governo do Estado, contará com três frequências semanais de embarques e desembarques pela Azul. Em outubro, o voo se tornará diário.

O voo inaugural será no dia 15 de julho, na abertura do Festival de Inverno de Garanhuns. A aeronave, um Cessna Grand Caravan, partirá do Aeroporto do Recife às 12h30, pousando no Agreste às 13h35. O primeiro dia de operação da frequência para passageiros será em 18 de julho com saída do Recife às 13h45 e chegada às 14h50. O voo sai de Garanhuns no mesmo dia às 15h15 com desembarque no Recife às 16h15.

Além do Aeroporto do Recife, o terminal de Petrolina apresentou superação na malha aérea de julho. O Aeroporto Senador Nilo Coelho passará a operar, neste mês, 355 frequências, entre pousos e decolagens, o que resulta num crescimento de 7% em relação ao mesmo período em 2019. O número diário de voos permanece o mesmo do mês anterior com 11 chegadas e partidas.

Já o terminal de Fernando de Noronha deverá operar, neste mês, 364 voos entre pousos e decolagens. A média diária prevista é de 12 chegadas e partidas.


Leia também: AEPM Brasil constrói 1º terminal Vip da América do Sul

Deixe uma resposta