Booking registra recorde trimestral de reservas brutas de US$ 27 bilhões

Booking Holdings
Foto - reprodução

A Booking.com arrecadou US$ 27,3 bilhões em reservas brutas de viagens no primeiro trimestre deste ano – um aumento de 129% em relação ao primeiro trimestre de 2021 e o maior valor trimestral da história da empresa.

As diárias reservadas no primeiro trimestre dobraram em comparação com o ano anterior, passando de 99 milhões no primeiro trimestre de 2021 para 198 milhões no primeiro trimestre deste ano.

“Apesar de um ambiente macroeconômico incerto, vimos o fortalecimento contínuo das tendências globais de viagens até agora no segundo trimestre de 2022 e estamos nos preparando para uma movimentada temporada de viagens de verão pela frente”, disse Glenn Fogel, CEO da Booking Holdings.

“Estou animado com o desempenho de nossas equipes para capturar a demanda de viagens neste ambiente de recuperação e nosso progresso na expansão de nossa plataforma de pagamentos na Booking.com enquanto construímos nossa visão de Viagem conectada”, concluiu.

A receita total da Booking Holdings no primeiro trimestre de 2022 foi de US$ 2,7 bilhões, um aumento de 136% em relação ao ano anterior. O EBITDA ajustado no primeiro trimestre de 2022 foi de US$ 310 milhões, em comparação com uma perda de EBITDA ajustado de US$ 195 milhões no primeiro trimestre de 2021.

O prejuízo líquido do trimestre foi de US$ 700 milhões, em comparação com um prejuízo líquido de US$ 55 milhões no primeiro trimestre de 2021. A empresa diz que o valor deste ano inclui perdas líquidas de US$ 987 milhões “em títulos patrimoniais com valores justos prontamente determináveis, enquanto os resultados do primeiro trimestre de 2021 incluem ganhos líquidos de US$ 32 milhões em títulos patrimoniais com valores justos prontamente determináveis.”

As despesas de marketing no primeiro trimestre aumentaram significativamente ano a ano, de US$ 461 milhões em 2021 para US$ 1,15 bilhão nos primeiros três meses deste ano.

Deixe uma resposta