Embratur apresenta potencial do Brasil na Fiexpo Latinoamérica

No primeiro dia da feira, Agência realizou reunião com representantes de 80 entidades e associações para mostrar estrutura do país para a realização de convenções e encontros

Fiexpo latinoamerica 2022
Foto: reprodução/Embratur

A Fiexpo Latinoamérica 2022 começou oficialmente na quarta-feira (15). Realizada pela primeira vez na Cidade do Panamá, a tradicional feira do segmento de turismo de negócios e eventos conta com um estande da Embratur e teve programação até quinta-feira (16/6). O presidente da Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo, Silvio Nascimento, participou do ato simbólico de abertura e cumpriu agenda com reuniões e entrevistas ao longo do dia.

Pela manhã, a Agência ofereceu um café para um grupo de 80 organizadores de eventos a nível global. O objetivo do encontro foi mostrar para o setor todo o potencial turístico do país e sua estrutura para receber grandes eventos, feiras, congressos e reuniões.

“Estamos preparados para receber eventos de todo tipo de tamanhos e formatos”, afirmou Silvio Nascimento, presidente da Embratur, na abertura da reunião. Segundo dados do Anuário Estatístico do Turismo, do Ministério do Turismo, o Brasil é o 20º país no mundo que mais sedia eventos globais. Os principais destinos para o segmento são São Paulo, Rio de Janeiro e Foz do Iguaçu.

Presidente da Fundação Elic (Escolas Livres de Investigação Científica para Crianças), Daniel Castro Villaveces, elogiou o encontro com a Embratur e valorizou a oportunidade de conhecer mais sobre o país. “Foi uma apresentação muito completa, que nos mostrou o Brasil tanto como destino turístico quanto sua estrutura para receber convenções”, afirmou.

Também estiveram na reunião representantes do trade e destinos brasileiros, outra parte interessada na interação com organizadores de eventos. Para Cintia Mari Hayashi, diretora de Eventos Internacionais do São Paulo Conventions & Bureau, “É fundamental estar aqui com a Embratur apresentando nossos destinos às associações, grupos e agências que vêm à feira. É uma oportunidade única de apresentar nossos destinos e depois fazer negócios no estande”, declarou.

Visando ampliar a percepção do Brasil como potencial sede e atrair mais eventos, Nascimento também realizou encontros individuais com entidades como a Confederação Internacional de Direito Disciplinar, que envolve países como Espanha, Peru, Chile, Costa Rica, Argentina, Colômbia, México, Venezuela, França, Estados Unidos e Equador.

No estande do Brasil, o presidente da Embratur também recebeu membros da imprensa para falar sobre a participação do país na feira. Nesta quarta, Nascimento conversou com os veículos de comunicação Panamá en Directo, Destiny Panamá, Oye ló Bueno, Aéreo. com e El Venezoelano News Turismo. Nascimento também se reuniu com a secretária de Turismo e Lazer de Pernambuco, Milu Megale, para tratar sobre o retorno de voos para o estado, especialmente em parceria com a Copa.


Leia também: Embratur discute ações de aproximação com Panamá

Deixe uma resposta