KLM trará classe Premium Comfort para voo do Rio no início de 2023

A KLM estreou nesta semana a Bike House, um container com espaço para descanso de ciclistas com cadeiras e água

Manuel Flahault, diretor geral da Air France-KLM para a América do Sul
Manuel Flahault, diretor geral da Air France-KLM para a América do Sul

A KLM quer introduzir a nova classe Premium Comfort no voo entre Rio de Janeiro e Amsterdã, na Holanda, até o início de 2023. A companhia opera a rota, a partir do aeroporto Rio Galeão com a aeronave Boeing 787 para 294 passageiros, de maneira diária, e busca oferecer uma alternativa de assentos mais confortáveis para os viajantes.

A classe intermediária da KLM traz 20 centímetros a mais de espaço para as pernas (99 centímetros contra 79 da classe econômica convencional), além de inclinação adicional de 7,5 centímetros. A novidade está sendo implantada em todas as aeronaves Boeing 777 e 787 da empresa, devendo ser concluída até novembro de 2023 nas rotas intercontinentais.

“Mais do que aumentar a quantidade de assentos e voos no Brasil, queremos trazer mais qualidade para os passageiros, ofertando uma opção para quem esta disposta a gastar um pouco mais em conforto, mas não tanto para viajar de executiva, com uma categoria intermediária entre as duas”, apontou Manuel Flahault, diretor geral da Air France-KLM para a América do Sul.

Christine Honore Briso, Steven Van Wijk e Manuel Flahault (Air France – KLM)

Christine Honore Briso, Steven Van Wijk e Manuel Flahault (Air France – KLM)

KLM: sustentabilidade e ciclismo

Focando nas ações sustentáveis nos principais mercados em que atua, a KLM estreou nesta semana a Bike House, um container com espaço para descanso de ciclistas com cadeiras e água, na ciclovia que fica as margens do rio Pinheiros, em São Paulo.

Na ação, a cada 25 quilômetros percorridos de bicicleta pelos ciclistas uma árvore será plantada na Amazônia. A meta é alcançar 150 mil quilômetros até o próximo dia 28, chegando a marca de 6 mil árvores.

A distância é mensurada pelo aplicativo KM Solidário (disponível para Android e iOS), que mapeia o percurso dos participantes e contabiliza os metros percorridos no “arvorômetro” da KLM. Próximo ao acesso da via pela passarela ao lado da estação de trem Vila Olímpia da Linha 9 Esmeralda da CPTM haverá 30 bicicletas caracterizadas da empresa para os participantes ajudem a cumprir o objetivo.

  • Bike House da KLM ao lado da ciclovia do rio Pinheiros, em São Paulo
  • As bicicletas da KLM que estarão disponíveis para ação

“Estas são iniciativas locais que vamos promover onde voamos, como aqui em São Paulo e escolhemos o ciclismo justamente pela associação da Holanda com as bicicletas. Lá temos mais bikes do que pessoas, contribuindo para o meio ambiente e a sustentabilidade”, disse Steven Van Wijk, diretor Comercial da Air France-KLM para a América do Sul.

“Até 2030 queremos eliminar os plásticos de uso único em todos os voos e continuamente adaptar nossa frota para aeronaves com menor consumo de combustível”, disse Flahault.


Leia também: KLM paga restante do empréstimo ao governo holandês

Deixe uma resposta