Santos utiliza cinema a favor do turismo e fortalece comunidade local

O painel foi apresentado por Vanessa Lombardi, presidente do Santos CVB, e Raquel Pellegrini, chefe do departamento de Cinema da Secult de Santos

Santos
Raquel Pellegrini, chefe do departamento de Cinema da Secretaria de Cultura de Santos), e Vanessa Lombardi, presidente do Convention Bureau de Santos

DE GRAMADO (RS) Os impactos do cinema e do mercado audiovisual em Santos (SP) são ímpares e, direta e indiretamente, passam pelo desenvolvimento no turismo da cidade. A constatação é de Vanessa Lombardi, presidente do Santos CVB, e Raquel Pellegrini, chefe do departamento de Cinema da Secretaria de Cultura de Santos.

“A força do destino em temáticas cinematográficas se dá pelos muitos cenários possíveis. Além disso, existe um trabalho de anos dos mercados de cinema, cultura e turismo para manter Santos assim”, explicou Vanessa.

A executiva ressaltou o Film Comission de Santos, instituição que fomenta novas oportunidades de produções cinematográficas ao destino. Além disso, ela cita que a entidade representa o foco da cidade em crescer na atividade turística.

Raquel também reforçou que a cidade da baixada santista já é reconhecida por ser uma cidade-cenário e por seu trabalho de formação de mão-de-obra audiovisual.

“Há algum tempo, Santos levou em consideração que o cinema tem o poder de fomentar uma série de segmentos turísticos, como a gastronomia, bem como a valorização de profissionais santistas. A economia da cidade em si, portanto, é melhorada dessa forma”, salientou.

A profissional relembrou que o cinema tem também a missão de capacitar jovens e moradores de áreas periféricas de Santos. Ele se torna, assim, um setor que influencia positivamente nas políticas públicas e, por consequência, na cadeia produtiva de Santos.


Leia também: Destinos de cinema: o salto de Gramado (RS) no turismo

Deixe uma resposta