Embratur promove reuniões entre operadores do BR e EUA

Presidente da Agência participou do roadshow e destacou a relevância do trade norte-americano para o turismo no Brasil

Embratur - Roadshow NY
Foto: reprodução/Embratur

O ciclo de roadshows da Embratur pela América do Norte desembarcou nesta quinta-feira (23) em Nova York, nos Estados Unidos. Após passar por Chicago, também nos EUA, e Toronto, no Canadá, o Brazil Experience promoveu rodadas de negócios entre os trades nacional e internacional, com a presença de agentes e operadores do local, com objetivo de ampliar a comercialização dos produtos e destinos turísticos brasileiros no exterior. Na próxima semana, as atividades continuam nas cidades de Miami e Los Angeles.

O evento em Nova York contou com a presença do presidente da Agência, Silvio Nascimento. Durante o roadshow, ele ressaltou a importância do mercado norte-americano para o turismo brasileiro, mostrando que 590 mil visitantes vindos dos Estados Unidos estiveram no Brasil em 2019, sendo o segundo maior emissor de turistas internacionais ao país, atrás apenas da Argentina.

“Ao realizarmos roadshows e trocarmos experiências com os principais players do turismo de mercados estratégicos, estamos garantindo que as ações de promoção da Embratur possam ter o maior impacto possível para alavancar ainda mais o turismo no Brasil”, destacou Nascimento.

Além das capacitações sobre os destinos nacionais, o Brazil Experience envolve rodadas de negócios, interação entre as empresas estrangeiras e as nacionais e a oportunidade para fazer networking. Ele ocorre simultaneamente à campanha publicitária “Visit Brazil. A Wow Experience”, que está ativa desde o dia 24 de maio, com divulgação do Brasil em Doohs (propagandas em espaços públicos de grande circulação de pessoas) de cinco cidades, nas principais TVs abertas e fechadas dos Estados Unidos, além de diversas frentes na internet.

Segundo levantamento da Embratur junto à Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA), cerca de 72 mil passagens já foram compradas para turistas desembarcarem dos Estados Unidos em cidades brasileiras entre os meses de junho e julho de 2022, período de férias de inverno do hemisfério norte.

O Brazil Experience na América do Norte está dividido em duas etapas. De terça (21) a quinta-feira (23), as atividades ocorreram em Toronto, Chicago e Nova York, com 12 coexpositores parceiros da Embratur. Já nos dias 28 e 29, o roadshow ocorre nas cidades de Miami e Los Angeles, com 16 coexpositores do Brasil. A previsão é de que sejam realizadas mais de 600 reuniões de negócios com agentes e operadores norte-americanos.

Antes das rodadas na América do Norte, a Embratur também esteve no Uruguai, no Paraguai, na Argentina, no Chile e na Colômbia. Os roadshows na América do Sul, no início de junho, capacitaram mais de 650 profissionais do setor, com mais de mil rodadas de negócios, o que representa cerca de 10 mil contatos comerciais realizados entre os operadores brasileiros e estrangeiros participantes.

Consulado

Durante a manhã desta quinta-feira, Silvio Nascimento, acompanhado do assessor Rafael Luisi, se reuniu com o ministro Fernando Sena, encarregado de Negócios da Embaixada do Brasil em Nova York, e com o conselheiro Leonardo Enge, chefe do Setor de Promoção Comercial do Consulado-Geral do Brasil na cidade americana.

O presidente da Embratur aproveitou a ocasião para ratificar que o Brasil segue a tendência mundial de retomada do turismo, ressaltando que, apenas nos quatro primeiros meses de 2022, o país já recebeu 600% a mais de turistas estrangeiros do que no mesmo período de 2021, pior ano da pandemia.


Leia também: Visit Iguassu participa de roadshow no Canadá e nos EUA

Deixe uma resposta