Festival de Inverno do Sesc gera otimismo no turismo de Petrópolis

Evento será de 14 a 31 de julho e terá programação especial em Petrópolis como forma de contribuir para a retomada econômica

Setores ligados ao turismo e comércio se reuniram no gabinete do Prefeito para falar sobre o Festival de Inverno do Sesc
Setores ligados ao turismo e comércio se reuniram no gabinete do Prefeito para falar sobre o Festival de Inverno do Sesc. Foto: Divulgação

Os setores de Turismo e Comércio de Petrópolis estão otimistas com a realização do Festival de Inverno do Sesc em julho. O evento vai ocorrer entre os dias 14 e 31 e terá programação especial na cidade como forma de contribuir para a retomada econômica, após o impacto da pandemia e as duas tragédias sofridas no início deste ano.

Em reunião realizada na tarde desta terça-feira (14), na Prefeitura de Petrópolis, foi reforçado que a Fecomércio entende a necessidade de chamar a atenção para a cidade, acreditando que o festival pode ajudar na recuperação de diferentes setores econômicos. A ideia é que além do Sesc Quitandinha, haja programação também no Sesc Nogueira e em espaços públicos, como no Parque Municipal Prefeito Paulo Rattes, em Itaipava.

“Estamos muito otimistas com a programação que está por vir. Neste ano tivemos mais provas de que a realização de grandes eventos é fundamental para a nossa economia e em um ano como este que viemos dos desafios da pandemia aos impactos gerados pelas duas tragédias, saber que teremos um evento desse porte, preparado com cuidado e carinho, é gratificante”, afirma Germano Valente, presidente do Sindicato de Hospedagem e Alimentação de Petrópolis (SindTurismo).

Já Marcelo Fiorini, presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Petrópolis (Sicomércio) ressalta que a Fecomércio entende tudo o que a cidade passou e, por isso, a programação do festival em Petrópolis será ainda mais especial neste ano. “Vamos reforçar a imagem positiva da nossa cidade, mostrar que estamos prontos para receber os turistas nessa época tão charmosa e atraente para os visitantes. Todos os setores econômicos se beneficiam com esse tipo de evento”, diz.


Leia também: Airbnb lança rotas para apoiar turismo responsável no Brasil

Deixe uma resposta