A nova atração do Disney Epcot de Orlando, na Flórida (EUA), oficialmente intitulada Guardians of the Galaxy: Cosmic Rewind, é a primeira de heróis da Marvel dentro de um dos parques Disney em Orlando, além de ser a primeira montanha-russa do Epcot e a maior indoor (em ambiente interno) nos Estados Unidos. A novidade só abre para o público em 27 de maio, mas o Brasilturis Jornal já experimentou e conta como foi.

A novidade de trilhos traz uma aventura inédita dos Guardiões da Galáxia (contada em um pre-show logo após a fila), com as quedas e curvas de uma montanha-russa para famílias. Ou seja, adrenalina na medida para todas as idades (mínimo de 107 centímetros de altura). Além disso, os carros dos passageiros giram em 360 graus ao longo do trajeto, usando tecnologia nunca antes vista em uma atração do parque.

Apesar do teor familiar, o Cosmic Rewind é uma das montanhas-russas cobertas mais longas do mundo (cerca de 3 minutos de duração) e a primeira da Disney com propulsão para trás. Assim, quem escolher o último carro (fileira nove), estará na frente da atração quando for arremessado para trás.

Além disso, para evitar a formação de filas muito longas, a atração fará uso do sistema de filas virtuais da Disney, que deve encurtar um pouco a espera.

Fotos da Montanha-russa de Guardiões da Galáxia do Epcot:

  • O pré-show da atração contextualiza os visitantes com um pequeno "museu" do planeta Xandar - Epcot
  • Sala onde é iniciado o pré-show da Cosmic Rewind - epcot
  • Uma das naves em exposição no "museu" que entretem os visitantes na fila do Cosmic Rewind
  • O pré-show da atração contextualiza os visitantes com um pequeno "museu" do planeta Xandar
  • Vista dos carros da nova atração do Epcot
  • Os carros da Guardians of the Galaxy: Cosmic Rewind
  • Loja da Guardians of the Galaxy Epcot

Durante o trajeto, o visitante pode ouvir uma das seis músicas escolhidas para compor a trilha sonora da Cosmic Rewind. As seis trilhas, que tem sucessos pop dos anos 70 e 80 como I Ran da banda Flock of Seagulls,  foram selecionadas entre mais de 100 faixas. A cada viagem, uma música diferente pode tocar e alternar a experiência na atração.

Completando a experiência, é óbvio que os personagens dos filmes da Marvel participam ativamente, aparecendo em vídeos e nas projeções que rolam durante o trajeto dos carrinhos. Inclusive, unindo-se ao uso de pontos de luz, a experiência fica ainda mais imersiva com a simulação das estrelas no espaço.

“O Epcot está passando por um processo de evolução, trazendo atrações para crianças, adolescentes e adultos, e Os Guardiões da Galáxia é uma franquia muito especial para os brasileiros. Esperamos que eles venham conhecer a Cosmic Rewind”, ressaltou Ana McCarthy, porta-voz da Disney.

“O nosso maior desafio foi utilizar a nova tecnologia de rotação de 360 graus dos carros da Cosmic Rewind, que não tínhamos desenvolvido antes e, agora, podemos trazer a primeira omnicoaster do Epcot”, disse Carolina Marrero, imagineer do parque.

O Brasilturis Jornal viajou a convite da Disney com proteção Affinity Seguro Viagem


Leia também: Disney integra mudanças que deram certo e tecnologia para 2022

Deixe uma resposta