Inspira Ecoturismo debate sustentabilidade em destinos de natureza

O inspira Ecoturismo é a primeira ação do novo Polo direcionado do Sebrae Nacional para fomento do empreendedorismo no segmento

O Inspira Ecoturismo trouxe cerca de 445 participantes para Bonito
O Inspira Ecoturismo trouxe cerca de 445 participantes para Bonito

O Seminário Internacional Inspira Ecoturismo, organizado pelo Sebrae-MS, começou nesta quarta-feira (18), em Bonito (MS). Com uma agenda que incluem participantes de quatro países e transmissão online, o evento é realizado paralelamente ao momento de recordes de visitantes na cidade, conhecido pelos atrativos naturais e de aventura.

Até o fim de quinta-feira (19), a primeira edição do Inspira Ecoturismo traz uma série de painéis qualificados com temas relacionados às viagens sustentáveis, com integrantes compostos por especialistas de turismo de quatro países e empreendedores, para os 445 presentes, que incluem seis caravanas de todo o Mato Grosso do Sul.

“Bonito ficou apenas três meses fechados pela pandemia apenas e foi um dos primeiros lugares que reabriram para o turismo no Brasil. Visitamos 630 empresas em Bonito para criar um sistema de biossegurança, em um trabalho conjunto com todo o Sistema S e o governo do Estado, com pessoas que defenderam e acreditaram para que o destino continuasse sendo referência”, disse Claudio Mendonça, diretor superintendente do Sebrae-MS.

“Desde 2016 o estado estabeleceu uma política de zerar a emissão de carbono até 2030. Que possamos usar a oportunidade do seminário para construir de forma coletiva o conhecimento necessário para que o turismo do MS cresça de maneira sustentável”, afirmou Bruno Wendling, presidente da Fundação de Turismo do Mato Grosso do Sul (Fundtur-MS).

O destino sede não poderia ser outro. Bonito é um dos pontos mais conhecidos de ecoturismo no Brasil. Em 2021, a cidade recebeu 205,4 mil visitantes, registrando o seu melhor ano em número de visitações, segundo dados oficiais.

O índice foi fortemente impulsionado pelo incremento na oferta aérea, como o início do voo direto a partir de São Paulo (Congonhas) operado pela Gol e as frequências da Azul a partir de Campinas (SP), e as ações promocionais do destino e do Mato Grosso do Sul, captando o volume ocioso de viajantes que não puderam ir para o exterior, devido aos desdobramentos da pandemia da covid-19.

“Hoje, Bonito está com mais de R$ 360 milhões investido em obras de infraestrutura, que incluem reformas do nosso hospital, pavimentação e manutenção das estradas, que influenciam diretamente o ecoturismo”, afirmou Josmail Rodrigues, prefeito da cidade.

  • Claudio Mendonça (Sebrae-MS)
  • Juliane Ferreira (Setur Bonito)
  • Bruno Wendling (FundturMS)
  • Gustavo Timo (Adventure Travel)
  • Gabriel Calderón (Contur Bonito)
  • Ana Luiza de Andrade (Sebrae Nacional)
  • Assinatura do pleito de candidatura de Bonito para sediar o AdventureNext

O Brasilturis Jornal viajou a convite do Fundtur-MS com proteção Affinity Seguro Viagem


Leia também: Mato Grosso do Sul registra 1º tri de 2022 positivo em Bonito e Pantanal

Deixe uma resposta